Increva-se para receber conteúdo novo por email

Que tipo de exercício pode melhorar a memória?

Por: David McNamee

Pensa que para melhorar sua memória e a formação do cérebro basta apenas tomar suplementos de omega 3? Pense de novo. Um novo estudo de cientistas da Georgia Institute of Technology, em Atlanta sugere que trabalhar na academia apenas 20 minutos por dia pode melhorar a memória de longo prazo.

exerci

Os participantes foram divididos aleatoriamente em grupos “ativos” e “passivos” e sentado na extensão de  máquinas de pernas como exercício de resistência.

Estudos anteriores demonstraram que a memória pode ser melhorada através de vários meses de exercícios aeróbicos, como corrida, ciclismo ou natação. No entanto, as conclusões do novo estudo – publicado na revista “Acta Psychologica” – demonstram que um impulso de memória semelhante pode ser alcançado em um período muito mais curto. 

“Nosso estudo indica que as pessoas não tem que dedicar muito tempo para dar seu cérebro um impulso”, diz Lisa Weinberg, o estudante Georgia Tech que liderou o projeto.

Assim como exercícios aeróbicos, a equipe de Weinberg também examinou como exercícios de resistência – halterofilismo, flexões e abdominais – pode afetar a memória. A equipe recrutou 46 participantes (29 mulheres e 17 homens), que foram formados aleatoriamente em dois grupos. Para a primeira parte do experimento, todos os participantes viram uma série de 90 imagens em uma tela de computador.

Estas imagens foram divididas igualmente com fotografias que haviam sido classificadas “positivas”, “neutras” e “negativas”. Elas variaram de imagens de crianças brincando em um tobogã aquático, a fotografias de relógios, a imagens de corpos mutilados. Os participantes foram convidados a tentar lembrar o máximo delas que podiam.

Em seguida, os participantes foram divididos aleatoriamente em grupos “ativos” e “passivos” e sentado na extensão de máquinas de exercícios de resistência de perna.

O grupo ativo foi orientados a estender e contrair cada perna 50 vezes, a seu máximo esforço pessoal. O grupo passivo foi orientado a simplesmente sentar na cadeira com a máquina movendo as pernas deles sozinhas. A taxa de pressão arterial e cardíaca dos participantes foi monitoradas e amostras de saliva foram coletadas. O grupo “Ativo” mostrou uma melhor recordação de imagens.

Dois dias mais tarde, os participantes foram novamente indicados as originais 90 imagens que tinham visto anteriormente, mas desta vez elas foram misturados com 90 novas fotos que os participantes não tinha visto antes.

 Os pesquisadores descobriram que cerca de 50% das fotos originais foram recordadas pelo grupo passivo, enquanto o grupo ativo lembrou cerca de 60% das imagens..

Todos os participantes eram melhores em recordar as imagens positivas e negativas do que as imagens neutras, mas isto foi ainda mais verdadeiro para os participantes ativos. Os pesquisadores sugerem que isso é porque as pessoas estão mais propensas a lembrar de experiências emocionais seguidas de estresse de curto prazo.

A equipe acredita que os seus resultados são consistentes com pesquisas anteriores em um modelo de roedores que encontrou que respostas de estresse resultam em liberação de norepinefrina – um hormônio que pode melhorar a memória.

Analisando a saliva dos participantes, a equipe descobriu que o grupo ativo apresentou níveis aumentados de alfa-amilase na saliva – um marcador de norepinefrina.

Audrey Duarte, professor associado da Faculdade de Psicologia da Georgia Tech, descreve os resultados: “Mesmo sem fazer fMRI caros, nossos resultados nos dão uma ideia de que áreas do cérebro podem estar apoiando esses benefícios de memória induzidos pelo exercício. Os resultados são animadores porque eles são consistentes com a literatura de roedores que aponta exatamente para as partes do cérebro que desempenham um papel nos benefícios da memória induzida pelo stress causado pelo exercício.”

O estudo Georgia Tech olhou para exercícios de peso, mas Weinberg diz que outras formas de exercício de resistência – como o agachamento ou treinamento de circuito são prováveis de produzir resultados semelhantes.

E para finalizar, uma ótima notícia… Eu vou te dar de presente meu novo ebook sobre dieta low-carb e cetogênica, aproveite para baixar GRÁTIS agora —>>> clique AQUI

Quer também ficar por dentro de tudo que está acontecendo de melhor no mundo da nutrição? Aproveite AGORA para seguir meu canal do youtube —–>>> Clique AQUI para seguir meu canal do youtube.

Outra notícia boa… Você está querendo emagrecer, mas está tendo dificuldades?? Então faça o coaching de emagrecimento para perder peso com tranquilidade de um jeito que você nunca tentou antes.

Me mande uma mensagem e agende uma consulta o quanto antes 😉

                          (11) 97533-8525                               

     Atendimento personalizado – Até 10x no cartão

Inscreva-se para receber artigos como este por e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oi, eu sou o Caio Fleury, autor do blogSolicite atendimento personalizado em até 10x no cartão pelo meu Whatsapp ou cadastre seu email grátis, para ganhar meu novo e-book.

Junte-se a milhares de pessoas, ganhe motivação, exclusividade e controle da sua vida

Você está com dificuldades para perder peso?
Faça um atendimento personalizado em até 10x no cartão!

Converse comigo pelo Whatsapp: (11) 97533-8525

Atenção: Para receber o meu e-book GRATUITO sobre dieta low carb e Cetogênica, cadastre seu email abaixo!

×