Increva-se para receber conteúdo novo por email

Ovos são campeões

A história sempre se repete. Um império criado por oficiais do governo, oblíquos à ciência da nutrição, nasce e domina a sociedade a partir do lobbying comercial da indústria de alimentos processados, as diretrizes nutricionais americanas criadas na década de 70.  No século 21, em meio à luz da internet, a mentira não pode ser mais mantida e a ciência triunfa sobre o dogma. Uma batalha vencida. Contudo, a indústria dos alimentos processados continua vencendo a guerra e milhões de pessoas morrem todo ano de disfunções metabólicas, como consequência.

À César o que é de César. A história se repete, mas agora pagamos com nossa saúde.

Saiu na revista:

fotom veja ovo

Vitória final, não, sempre venceu. Os estudos SEMPRE mostraram isso, a mídia é que percebeu só agora, atrasada. Já digo isso desde 2011 aqui no blog…

Ainda continua confusa contudo…

Permitam-me refrescar a mente deles por um instante:

processed food

                                                  Indústria de alimentos processados.

 

Breaking news:

Academia de Nutrição e Dietética recomenda um relatório das diretrizes nutricionais baseado em fortes evidências

 http://www.eatrightpro.org/resource/media/press-releases/public-policy/academy-commends-strong-dietary-guidelines-report

Quinta-feira, maio 14, 2015

WASHINGTON, DC – A Academia de Nutrição e Dietética, a maior organização mundial de profissionais de alimentação e nutrição, elogia o Comitê Consultivo das diretrizes nutricionais de 2015 por elaborarem um relatório científico com base em provas fortes estabelecendo recomendações e lógicas para as próximas diretrizes nutricionais para os americanos de 2015. A academia apoia estas recomendações, que irão melhorar como e o quê os americanos consomem.

“A Academia aplaude a revisão sistemática baseada em evidências da literatura, que é vital para a avaliação da ciência da DGAC (comitê das diretrizes nutricionais)”, disse a nutricionista e presidente da Academia Sonja L. Connor. “Nós elogiamos o Departamento de Saúde e Serviços Humanos e o Departamento de Agricultura pelo compromisso com a biblioteca de evidência nutricional e seus esforços contínuos em reforçar a abordagem baseada em evidências para a avaliação da literatura científica para futuras recomendações dietéticas.”

Em comentários recentemente submetidos a USDA e a HHS, a Academia apoia a DGAC em sua decisão de ABANDONAR o colesterol dietético dos nutrientes da lista de preocupação e recomenda que NÃO COLOQUEM mais a gordura saturada na lista de preocupações, dada a falta de provas ligando-a com as doenças cardiovasculares.

“Apesar de algumas críticas sugerindo que alterações nas recomendações ilustram as preocupações sobre a validade da “ciência” sobre a qual as diretrizes nutricionais americanas são baseadas, a DGAC deve alterar suas recomendações para ser coerente com a melhor ciência disponível e cumprir o seu mandato legal”, disse Connor.

Academia também expressa sua preocupação com recomendações VAZIAS sobre a restrição de sódio à luz da evidência recente de potenciais danos para a população em geral. “Há uma falta de consenso científico sobre como fazer uma única recomendação de consumo de sódio para todos os americanos, devido a um crescente corpo de pesquisa que sugere que os níveis de ingestão de sódio baixos recomendados pela DGAC são realmente associado com o AUMENTO da mortalidade para indivíduos saudáveis, “, disse Connor.

A Academia apoia um foco aumentado na redução de açúcares adicionados como fator central de preocupação de saúde pública. “Entre as questões identificadas, a evidência é mais forte que uma redução na ingestão de açúcares adicionados irá melhorar a saúde do público americano. A identificação e reconhecimento dos riscos de saúde específicos proporcionados pela adição de açúcares na dieta representa um importante passo em frente para a saúde pública “, disse Connor.

Nas suas observações, a Academia também enfatiza que a educação nutricional reforçada é imperativa para qualquer aplicação efetiva. “É fundamental garantir que os indivíduos façam dietas e mudanças de comportamento de acordo com as diretrizes dietéticas e tenham acesso aos recursos e o apoio necessário para ter sucesso. HHS e USDA devem ter recursos suficientes para comprometerem-se a melhorar uma série de iniciativas”, disse Connor.

“A Academia aprecia a oportunidade de comentar sobre o Relatório Científico e de servir como um recurso para HHS e USDA enquanto eles finalizam as diretrizes nutricionais de 2015 e desenvolvem os recursos para implementar e promover o seu uso”, disse Connor.

As últimas diretrizes nutricionais de 2015 para os americanos estarão disponíveis no final deste ano.

###

A Academia de Nutrição e Dietética é a maior organização mundial de alimentação e nutrição profissionais. A Academia está empenhada em melhorar a saúde da nação e avançar a profissão de profissionais de saúde através da investigação, educação e advocacia. Visite a Academia em eatright.org.

real food

                                                  A ciência triunfa  (Comida de verdade)

 

Ovos são campeões

Neste estudo (link), 6 semanas de consumo de 2 ovos por dia não afetaram a função dos eicosanóides. Eles são altamente nutritivos e têm sido consumidos pelo ser humano por pelo menos centenas de milhares de anos. O mesmo estudo demonstrou que o consumo de ovos não causou alterações significativas no colesterol total dos indivíduos estudados (baseline: 203.8 mg/dl; post-treatment: 205.3).

ovo

Outros estudos também têm demonstrado pouca relação entre o colesterol consumido e o nível de colesterol sanguíneo, o que contraria novamente a “sabedoria” popular altamente influenciada pela mídia e a indústria de alimentos processados, colocando a hipótese-lipídica em cheque junto com as evidências de que o colesterol total é um pobre ou insignificante indicador de risco do desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

print ovograf ovo

Gráfico 2: O estudo demonstrou pequena diferença encontrada em colesterol sérico comparado com 9 padrões diferentes de consumo. Além disso, indivíduos com o colesterol total alto, acima de 240mg/dl não foi relacionada com o colesterol total dietético dos diferentes padrões de dieta, mas sim correlacionado com MAIS CARBOIDRATOS da dieta e MENOS gordura.

ovo 3Ovo melhora a inflamação sem aumentar risco cardiovascular comparado com aveia em diabéticos.

E ainda é um dos alimentos mais nutritivos que existem:

http://primalbrasil.com.br/porque-voce-deveria-comer-mais-ovos

Entenderam agora revistas da moda? Tenho o pressentimento de que ainda vão ficar confusos….

CTA coaching 3

 

E para finalizar, uma ótima notícia… Eu vou te dar de presente meu novo ebook sobre dieta low-carb e cetogênica, aproveite para baixar GRÁTIS agora —>>> clique AQUI

Quer também ficar por dentro de tudo que está acontecendo de melhor no mundo da nutrição? Aproveite AGORA para seguir meu canal do youtube —–>>> Clique AQUI para seguir meu canal do youtube.

Outra notícia boa… Você está querendo emagrecer, mas está tendo dificuldades?? Então faça o coaching de emagrecimento para perder peso com tranquilidade de um jeito que você nunca tentou antes.

Me mande uma mensagem e agende uma consulta o quanto antes 😉

                          (11) 97533-8525                               

     Atendimento personalizado – Até 10x no cartão

Inscreva-se para receber artigos como este por e-mail!

1 Comentário

  1. […] Nós acreditamos que a resposta é muito simples: para o lado que defende esta assim chamada teoria do colesterol (teoria lídica), a quantidade de dinheiro em jogo é demasiada para se darem ao luxo de perderem a […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oi, eu sou o Caio Fleury, autor do blogSolicite atendimento personalizado em até 10x no cartão pelo meu Whatsapp ou cadastre seu email grátis, para ganhar meu novo e-book.

Junte-se a milhares de pessoas, ganhe motivação, exclusividade e controle da sua vida

Você está com dificuldades para perder peso?
Faça um atendimento personalizado em até 10x no cartão!

Converse comigo pelo Whatsapp: (11) 97533-8525

Atenção: Para receber o meu e-book GRATUITO sobre dieta low carb e Cetogênica, cadastre seu email abaixo!

×