Increva-se para receber conteúdo novo por email

Os erros mais comuns no jejum

Por: Dr. Jason Fung

Jejum intermitente para longevidade, autofagia, clareza mental, desempenho físico, saúde metabólica e muito mais.

Então você decidiu adicionar um pouco de jejum ao seu estilo de vida. Excelente! Não importa o quanto você tenha (ou não) lido sobre o assunto, é possível que você ache que os aspectos do jejum são desafiadores ou até mesmo frustrantes. No começo, pode ser difícil manter-se na linha quando estiver com fome, irritável e sem resultados no emagrecimento.

Fica muito mais fácil quando você começar a experimentar e entender os benefícios de saúde do jejum, mas todos sabemos que demora um pouco para que isso aconteça. Benefícios como clareza mental e energia melhorada aparecerão mais cedo do que a perda de peso substancial. Além disso, os benefícios que você experimenta dependerão da rapidez com que você está se saindo e da sua eficiência.

Mas se você estiver cometendo erros de jejum, talvez nunca obtenha os benefícios esperados. Antes de jogar a toalha, quero ajudá-lo a identificar algumas possíveis armadilhas de jejum que você pode não estar ciente e também ajudá-lo a evitá-las. Além disso, entenda o motivo de muita gente não fazer direito o jejum.

1. Você está comendo apenas as refeições ou beliscando o dia todo?

Veja, todo o propósito de um jejum é conter sua alimentação dentro de certas janelas de tempo. Beliscar durante todo o dia é basicamente o oposto do jejum, então pare de pensar que você pode se dar bem com isso. O jejum está “ligado” ou “desligado” – não há área cinza. Mesmo dando “apenas uma mordida”, não importa o quão saudável ou pouco seja, quase invariavelmente vai tirar o corpo do jejum e interferir no processo de cura responsável pelos muitos benefícios do jejum. Também cria uma situação em que seu corpo produz insulina o dia todo. Péssima ideia.

Evite as beliscadas colocando lanches e qualquer comida fora de vista. A frase ” O Que Os Olhos Não Veem, O Coração Não Sente” realmente se aplica aqui. Você ficará surpreso em saber como é mais fácil ignorar lanches quando a comida não está bem na sua frente. Se você faz lanches por hábito, seja criativo e descubra novos hábitos não alimentares. Se a sua fome vem de fome genuína, você pode precisar reavaliar as refeições que você come durante a sua janela de alimentação. Certifique-se de que você está recebendo gorduras saudáveis a cada refeição, pois elas vão mantê-lo satisfeito por mais tempo.

2. Você não está bebendo água suficiente

Este não é apenas um erro comum no jejum, mas um erro que a maioria das pessoas comete, não importa qual seja sua dieta. Beber um mínimo de oito copos de água por dia é essencial para se manter hidratado e saudável. Alguns sinais de que você não está bebendo água suficiente incluem tontura e mais tontura, sensação de cansaço ou constipação.

Pior ainda, quando você não bebe água suficiente, seu cérebro pode tentar levá-lo a pensar que você está com fome e querer ingerir minerais dos alimentos. Minerais como potássio e magnésio são essenciais para a saúde do cérebro. Portanto, não se surpreenda da próxima vez que sentir fome, mas descubra que beber um copo de água faz com que o apetite desapareça. Vários tipos de chás também são uma maneira satisfatória de se hidratar, ou experimente um pouco de café com colágeno se realmente está difícil depois de 20h de jejum.

3. Você não está consumindo sal suficiente

 Falando de vitaminas e minerais, a ingestão adequada de sal é vital para a sua saúde. Agora, quando digo “sal”, não estou falando do tipo que você coloca em um shaker. Eu estou falando sobre eletrólitos, que são essenciais para a sua dieta. O sódio (Na), que também é comumente conhecido como sal de mesa, é um desses eletrólitos, juntamente com potássio (K), magnésio (Mg), cálcio (Ca) e cloreto (Cl).

 Como você sabe se está com pouco eletrólito? Alguns sintomas da deficiência de eletrólitos são ansiedade, irritabilidade, problemas para dormir, espasmos musculares, fadiga, problemas digestivos e tontura. Se esses são os tipos de sintomas que você sente durante o jejum, a falta de eletrólitos pode ser a resposta. Tente pegar um pouco de sal rosa do Himalaia e colocá-lo embaixo da língua para dissolver. Também compre estes minerais essenciais para fazer o jejum.

4. Você está comendo muito de alguns grupos de alimentos

Quando cortamos certos alimentos da nossa dieta, especialmente carboidratos, é fácil confiar em outros grupos de alimentos, como nozes e laticínios. Eles estão prontamente disponíveis e estão muito presentes na maioria das dietas.

As nozes são uma opção de baixo teor de carboidratos e gordura saudável, mas apenas em pequenas quantidades. Eles são ótimos para adicionar frutas ou saladas e eles são fáceis de pegar quando você precisa de um lanche rápido. Mas esses lanches rápidos podem somar, especialmente em cima de refeições fartas.

O leite e laticínios processados são outro grupo de alimentos fáceis que muitas pessoas se refugiam, mas pode causar inflamação, dores de estômago, inchaço, gases e outros tipos de desconforto. Se esse é um padrão que você observou com sua própria saúde e hábitos alimentares, tente cortar o leite por algumas semanas e ver se esses sintomas melhoram. Tente um pouco de queijo, nata ou manteiga no lugar. A nata e a manteiga são mais tolerados por serem mais puros em gordura.

5. Você não está comendo suficiente certos grupos de alimentos

Calorias vazias e junk food são momentaneamente satisfatórias, mas eles não alimentam seu corpo. Comer os alimentos certos fornece ao seu corpo os nutrientes de que ele precisa para prosperar ao longo do dia; esses alimentos também vão mantê-lo mais satisfeito, por mais tempo.

Legumes são um dos melhores grupos alimentares para mantê-lo nutrido e saudável. Eles têm baixo teor calórico e fornecem diferentes vitaminas e minerais, como potássio, fibras, ácido fólico, vitamina A e vitamina C. As frutas também são saudáveis, mas não exagere, pois a maioria é rica em açúcar. Sucos de frutas normalmente adicionam açúcar também. Bebidas e chás naturalmente aromatizados são a opção mais saudável. As nozes são ricas em gordura e uma boa fonte de proteínas, assim como os ovos. Os carboidratos e açúcares refinados são altamente desnecessários para o seu corpo, então fuja SEMPRE.

6. Você está forçando seu corpo muito rápido

Você passou de zero de jejum para um jejum de 24 horas a cada dois dias? Adote uma abordagem mais moderada primeiro. Não espere que o jejum seja fácil de imediato. Não apenas seu corpo precisará de tempo para se ajustar, mas sua mente também. Se você está acostumado a três refeições por dia, além de lanches e bebidas com calorias, seu corpo já se acostumou com essa rotina, então levará algumas semanas ou meses para você se adaptar ao jejum de 16-18h diário e o de 24h 1 ou 2 vezes na semana.

Seu corpo precisa de tempo para se adaptar. Primeiro ele queima açúcar armazenado e, em seguida, ele vai começar a queimar gordura corporal para energia.

7. Você tem a mentalidade errada

O jejum fornece ao seu corpo tudo o que ele precisa para prosperar, mas sem a mentalidade certa, você está fadado ao fracasso. Concentrando-se no negativo, como no fato de não ser permitido comer certos alimentos ou em determinados momentos, facilmente se transformará em outra conversa interna negativa. Quanto mais difícil você pensar que é, mais difícil será alcançar o sucesso.

Em vez de pensar no quão difícil é o jejum, concentre-se no positivo dele, ou seja tudo.

O jejum permite que seu corpo se cure. O jejum pode ajudar você a perder peso. Você se sentirá mais energizado, terá uma mente mais clara e provavelmente viverá muito mais.

8. Você está muito estressado

Quando você está estressado, seu corpo libera um hormônio chamado cortisol. O cortisol é problemático no jejum, porque pode levar seu corpo a quebrar o tecido muscular em vez de gordura. Quando estiver em jejum, seu corpo deve aproveitar a gordura corporal armazenada e preservar seu tecido muscular saudável.

Se você está estressado de vez em quando, isso não deve causar muito problema. Mas se você está estressado cronicamente, essa liberação constante de cortisol pode levar a uma quebra do tecido muscular.

Não tem certeza se você está estressado? Aqui estão alguns sintomas:

  • Morder os dentes
  • Tensão muscular
  • Dores de cabeça
  • Apatia
  • Raiva
  • Problemas digestivos
  • Fadiga
  • Constipação
  • Dificuldade de concentração

Alivie o estresse com respiração profunda, visualização positiva e chás que aliviam o estresse. Se você puder vá para o ar livre e relaxe na natureza.

9. Você está sedentário

Ser inativo é um dos maiores erros que as pessoas cometem durante o jejum. Se você não está comendo, você deve descansar e economizar sua energia, certo? Errado.

O exercício é uma ótima maneira de melhorar o seu jejum. A atividade aumenta a queima de gordura e aumenta a circulação. Sair e tomar sol e ar fresco pode melhorar o seu humor, tornando-o mais propenso a manter o seu jejum. O movimento geralmente faz com que as pessoas se sintam melhores do que sentadas no sofá durante todo o dia; estar inativo faz com que você fique com frio, cansado e sem foco.

Como muitas pessoas trabalham em empregos sedentários que as amarram em uma mesa o dia inteiro, o exercício não é uma maneira conveniente de permanecer ativo. Mas dar uma pequena caminhada de 20 minutos ou subir escadas 2 vezes ao dia são maneiras fáceis de fazer seu sangue fluir ao longo do dia.

O jejum não deve ser sinônimo de sofrimento. Se você estiver se sentindo privado durante o jejum, não se esqueça de não cometer nenhum dos erros de jejum acima. Deixe-se levar pelo seu jejum, fique com ele e aproveite os resultados fenomenais.

Outra notícia boa… Você está querendo emagrecer mas está tendo dificuldades?? Então faça o coaching de emagrecimento para perder peso com tranquilidade de um jeito que você nunca tentou antes.

Me mande uma mensagem e agende uma consulta o quanto antes 😉


 

                                                          Atendimento personalizado – Até 10x no cartão

Inscreva-se para receber artigos como este por e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *