IMG_5071

Esta receita pode parecer um pouco inusitada para alguns, mas há tempos venho querendo experimentar receitas que incluem ossos em seu preparo, devido a variedade de receitas que é possível de fazer a partir dela e os benefícios de seu consumo. Decidi começar pelo caldo de mocotó, de preparo simples, que após pronto pode ser usado de diversas maneiras, inclusive substituindo a gelatina incolor.

Eu optei por não comer o mocotó em si, mas o Caio experimentou e achou delicioso! (o que ele não gosta!)É possível acrescentar alguns temperos ao caldo para fazer a sopa de mocotó, também podemos acrescentar outros ingredientes como canela, cravo, anis e fazer uma geléia de mocotó (bem conhecida em alguns lugares do país).

Eu, pessoalmente, fiz o caldo puro, que vou usar para engrossar molhos, sopas, caldos e etc.

O caldo de mocotó é rico em colágeno e gelatina, uma vez que as gelatinas comerciais são “derivadas” do osso do boi. O colágeno é uma proteína responsável pelo reparo dos ossos, dos tecidos, da pele, dos dentes, dos olhos, ligamentos e outras partes do corpo. Além disso, pode ajudar no crescimento muscular, uma vez que facilita a síntese de creatina no corpo.  Podemos encontrar neste caldo outros nutrientes importantes para a saúde, como a glicina (aminoácido), prolina (aminoácido), quantidades altas de manganês, vitamina C, vitamina B6 e quantidades significativas de ferro, cálcio, selênio, fósforo, cobre e potássio.

Eu comprei um pé de boi (gastei R$ 9,00) e usei apenas 1/3 para preparar a receita, que rendeu bastante. Pedi para o açougueiro cortar em rodelas para facilitar.

Como preparar o caldo de mocotó:

Coloque a quantidade de mocotó desejada (eu usei 1/3 do pé) e encha a panela de pressão com água (mais ou menos ¾ da panela).

Após começar a pressão, deixe o caldo cozinhar de 50 minutos à 1 hora no fogo médio.

Depois de pronto, você pode usar as partes do osso se quiser fazer uma sopa com eles, ou utilizar apenas o caldo.

Minha receita rendeu esta quantidade:

IMG_5075

Para ficar ainda mais prático, congelei uma parte do caldo em forminhas de gelo, para poder descongelar depois apenas a quantidade necessária.

IMG_5079

Para estrear esta maravilha nutricional, resolvi testar esta receita deliciosa de Pannacotta, da minha querida amiga Maria Alm, do site Mais Gorduras, Menos Carboidratos, que imagino que vocês já conheçam.

IMG_5096

Usei 2 gelinhos de caldo para substituir a gelatina em pó e funcionou perfeitamente. O sabor do caldo é neutro e não impactou em nada a receita! Vejam como ficou a consistência, maravilhosa!

IMG_5101

 

 

17 Comentários

  1. Marcela disse:

    Interessante. Vou criar coragem para experimentar . Fiquei curiosa rsrs Gosto muito dos post de vcs. Não sigo a dieta paleo mas as receitas me agradam muito. Parabéns pelo trabalho.

  2. heisenberg disse:

    haha, isso que é gelatina – o resto é quimica

    fica como sugestao filmar a receita na proxima vez kk

  3. Bruna disse:

    Realmente inusitado.

  4. Juliana disse:

    Muito legal! eu tenho varios potes e gelinhos de mocoto e caldo de carne congelados aqui em casa pra dar consistencia a receitas salgadas (o de mocoto, uso em receitas com frango, justamente por ter um sabor neutro) mas nunca pensei em usar em doces! genial!!!

  5. Ielda disse:

    Sempre havia pensado nisso, mas nunca tinha tido coragem, após esse post criei coragem e fiz. Agora meu congelador tá cheio de cubinhos de mocotó e fiz receita para testar que deu super certo.Recomendo para aqueles que estão dispostos a encaram essa receita visando a sua saúde do modo mais primal possível, pois é o que essa “gelatina” sugere. Para amenizar o cheirinho enjoado que fica no arna hora do preparo eu coloquei uns pauzinhos de canela na água. Aproveitei para separar o óleo e coloquei na minha máscara de cabelo, ficou ótimo, super brilhoso e macio. Recomendadíssimo.

  6. Hercilia disse:

    Voce também utilizou a carne que fica solto após o cozimento? Ou usou apenas o caldo mesmo?…gostaria de tentar uma geléia de mocotó docinha alguma ideía?..

    • Bruna e Caio disse:

      Eu não usei porque particularmente não gosto… Para ser mais doce você pode misturar com frutas vermelhas, por exemplo, fica igual uma geléia normal. ABS

  7. Rodrigo disse:

    Parabéns pela receita. Mas não entendi como você fez a gelatina. Depois de ficar na panela de pressão, vai ter um caldo, uns ossinhos e uma carne mole. Eu devo pegar a carne mole junto com o caldo e passar na peneira ou é o caldo sem a carne?

  8. Marco Túlio Andrade de Freitas disse:

    50min a 1 hora na pressão ?

  9. PRISCILA VIANA disse:

    olá bruna,será que essa receita saceia? tipo..fazer caldo e tomar no horario da janta?obg

  10. Sara disse:

    Olá!!
    Gostei da receita! ela me ajudaria no combate a flacidez?
    O gosto do caldo é amargo/forte?? posso combinar com gelatinas de frutas para consumir??

    não achei a receita de Pannacotta!! :(((

    • Bruna e Caio disse:

      Oi Sara,

      Não será apenas um alimento que irá melhorar a flacidez, mas sim o resultado total da sua dieta =) Adoçantes artificiais não fazem parte da dieta primal, mas também não há contraidicação em quantidades pequenas. Ingredientes artificiais também não fazem parte. Muito obrigado pelo comentário!

  11. Bruna e Caio disse:

    Querido, esta é uma receita, não um post sobre estudos feitos com caldo de ossos (colágeno em sí não previne nada). Se um dia escrever você saberá, mas por enquanto aproveite a gelatina de verdade. Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *