Increva-se para receber conteúdo novo por email

Coma manteiga!

Enquanto o evento de abertura da copa se desenrola em meio aos protestos e festas, o assunto mais discutido nos EUA é a preocupação com o crescente domínio das tropas rebeldes no Iraque em grandes cidades ao norte do país.  A popularidade dos republicanos crescendo em meio a brigas constantes entre os dois partidos políticos do país, a popularidade democrata desmorona como uma casa de baralho. No entanto, para nós interessados em nutrição, a notícia que mais se discute é o lançamento do livro ” the big fat surprise”  e suas repercussões na mídia Americana.

Os eventos pelo livro, por sua vez, mostram em que grau as diretrizes nutricionais do governo americano (por consequência o Brasil e outros países) foram diretamente  influenciadas pela política. Mas agora as cartas estão desmoronando, o atual estado da ciência da nutrição como visto pela comunidade científica internacional, vem ganhando força em meio a uma ferida auto infligida causada pelas instituições governamentais a partir da sua incapacidade de defender suas teorias (não se passam de teorias baseadas em estudos epidemiológicos tendenciosos).

Em meio ao surgimento de incontáveis estudos e meta análises que colocam em cheque a credibilidade destas instituições, desmascarando sua fragilidade e arrogância ao se mostrarem mais uma vez incapazes de contestar e explicar a incoerência dos estudos suportando as atuais diretrizes do governo, em meio a esta soberania do corpo crescente da literatura que consistentemente contradiz sua posição. Isto é, uma dieta baixa em gordura e rica em farináceos e açúcar como base de suas recomendações.piramide alimentarA American Hearth Association há mais de meio século vem sido financiada pela indústria da margarina e óleos de sementes processados. A partir dai, o lobby político desta e outras instituições se tornaram tão preponderantes ao ponto de influenciar as decisões do senado para estabelecerem as diretrizes críticas para direcionar a economia a favor do consumo destes produtos. O aumento do subsídio a produtos agrícolas como o trigo (cereal matinal) e ao milho (xarope de glicose) foi impulsionado pelo lobby ao congresso por representantes destes setores da economia.  Com estes “danos morais” causados ao público a demanda aumentou, como consequência a oferta subiu e o mercado encontrou um meio de” entregar”. De acordo com o relato da própria  revista Time:

 “Em 1977, um ano antes de eu nascer, um comitê do Senado liderado por George McGovern publicou sua assinatura histórica “Objetivos dietéticos para os Estados Unidos”, insistindo aos americanos para comer menos carne vermelha, ovos e laticínios e substituí-los com mais calorias provenientes de frutas, legumes e especialmente carboidratos”

“In 1977, the year before I was born, a Senate committee led by George McGovern published its landmark “Dietary Goals for the United States,” urging Americans to eat less high-fat red meat, eggs and dairy and replace them with more calories from fruits, vegetables and especially carbohydrates.

O desenrolar destes eventos co-evoluiu com o desenvolvimento tecnológico da indústria de processamento dos alimentos, atuando como um aliado nessa batalha para realizar o sonho de Ancel Keys para a sociedade americana. A taxa de obesidade mais que triplicou como consequência e o sonho de Keys se fundiu ao sonho americano. Comer doughnuts no café da manhã e fast food com muita frequência virou sinônimo de status social, a obesidade e o sobrepeso viraram a norma, atingindo mais de 2/3 da população americana adulta.

O mito do colesterol foi propagado pela indústria farmacêutica que encontrou meios de lucrar com um método reducionista de tratar doenças. Prático e rápido, bom para encher o bolso de muita gente. A máquina precisa continuar funcionando…

Time 12_06_2014

A manchete da Time deste mês “Eat Butter”- Coma Manteiga-  é um marco do século 21, do triunfo do crescente corpo de evidências científicas sobre o dogma fundamentalista do governo e do trabalho fenomenal da obra da Nina Teicholz que diferente de uma década atrás com Gary Taubes, como consequência tem gerado e promete gerar muito mais repercussão. Agora as cartas estão caindo, o esquema está sendo revelado ao público, a farsa está sendo desmascarada, para o alívio de quem apoia a nutrição de verdade, baseada na ciência e não menos importante, no bom senso.

Para finalizar, deixo um sinal de precaução e cautela. A lipidofobia (medo da gordura) está enraizada no inconsciente coletivo da população e ela continuará se manifestando de suas diversas formas, das mais sutis as mais diretas. A mídia tomará parte deste acontecimento, o que será inevitável, mas de forma superficial como sempre, não tocará o cerne do problema, a crença profunda, o medo e o dogma de muitos profissionais condicionados irá prevalecer por muitos anos.  O trem pode perder vapor, mas não irá continuar por um bom tempo.

O jogo do Brasil começou e nem mesmo meus tampões de ouvido conseguem abafar o barulho crescente dos torcedores berrando do meu lado… Gol contra!! Hora de assistir o jogo com pipoca, manteiga e biscoitinhos “páleo” ricos em gordura e baixos em carboidratos.

E para finalizar, uma ótima notícia… Eu vou te dar de presente meu novo ebook sobre dieta low-carb e cetogênica, aproveite para baixar GRÁTIS agora —>>> clique AQUI

Quer também ficar por dentro de tudo que está acontecendo de melhor no mundo da nutrição? Aproveite AGORA para seguir meu canal do youtube —–>>> Clique AQUI para seguir meu canal do youtube.

Outra notícia boa… Você está querendo emagrecer, mas está tendo dificuldades?? Então faça o coaching de emagrecimento para perder peso com tranquilidade de um jeito que você nunca tentou antes.

Me mande uma mensagem e agende uma consulta o quanto antes 😉

                          (11) 97533-8525                               

     Atendimento personalizado – Até 10x no cartão

Inscreva-se para receber artigos como este por e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oi, eu sou o Caio Fleury, autor do blogSolicite atendimento personalizado em até 10x no cartão pelo meu Whatsapp ou cadastre seu email grátis, para ganhar meu novo e-book.

Junte-se a milhares de pessoas, ganhe motivação, exclusividade e controle da sua vida

Você está com dificuldades para perder peso?
Faça um atendimento personalizado em até 10x no cartão!

Converse comigo pelo Whatsapp: (11) 97533-8525

Atenção: Para receber o meu e-book GRATUITO sobre dieta low carb e Cetogênica, cadastre seu email abaixo!

×