Increva-se para receber conteúdo novo por email

Cinco erros comuns de quem segue a dieta low-carb/ paleo.

Por: Mark Sisson

foto cara de erro

A maioria de nós que seguimos a dieta low-carb/paleo resolvemos problemas criados pela “Sabedoria Convencional”. A falsa ideia criada sobre a “importância” de comer grãos integrais e fazer exercícios aeróbicos diariamente, e os falsos perigos das gorduras dietéticas naturais e a premissa de que carboidratos servem como base de “energia” – essas inverdades são espalhadas tão amplamente e falham tão conclusivamente que você não pode deixar de olhar para as pessoas e dizer que estão seguindo paradigmas errados. É aí que entramos. A maioria de nós que seguimos a dieta paleo resolvemos problemas criados por falsas recomendações convencionais de estilo de vida e alimentação.

Às vezes, evitar o conselho convencional vai muito longe. No entanto, às vezes, as pessoas cometem sérios erros na busca da perfeição paleo/ low-carb.

1. Bombas de energia

 

Quando você percebe que a gordura da dieta pode ser um fator importante para uma melhor absorção de nutrientes, aumento da saciedade, aceleração do metabolismo da gordura, queima de gordura corporal e percebe que o excesso de carboidratos refinados é uma força para o ganho de peso, você aumenta o primeiro e reduz o último.

Gorduras saudáveis ​​como manteiga, óleo de coco, azeite e óleo de abacate ainda são alimentos naturais, mas eles são removidos das fontes. Eles são, portanto, mais concentrados em calorias. E provavelmente não devem fazer parte da maioria das suas calorias se você está tendo dificuldades de perder peso na paleo low-carb.

Se você chegou em um platô na perda de peso, o excesso destas gorduras adicionais pode estar atrapalhando, mas provavelmente não apenas umas modestas 2-3 colheres destas gorduras saudáveis por dia.

Essas gorduras paleo são muito mais densas em nutrientes e incrivelmente mais saudáveis que as gorduras isoladas PUFA de óleos de milho, óleos de soja, margarinas e canola. Mas ao mesmo tempo, para quem tem o metabolismo mais lento ou não faz exercícios regularmente, elas devem ser apenas complementos (novamente, em torno de 2-3 colheres por dia) das gorduras dos próprios alimentos como ovos, carne, abacate, nozes, ou sementes. Obtenha a maior parte das suas gorduras através de alimentos como abacates, nozes, carnes e peixes de água fria. Reserve gordura para cozinhar, ou coloque apenas 1 colher em cima de cada refeição.

2. Receitinhas ou Guloseimas Paleo

 

Eu gosto de um bom doce primal/ paleo (adoçado com xilitol) quando a ocasião é favorável. Farinha de amêndoa, farinha de coco e outras farinhas à base de nozes isentas de glúten podem ser aliadas versáteis e úteis quando estas situações surgirem, mas como alimento básico regular?

Comer Primal/paleo é mais do que apenas os ingredientes. Estamos tentando mudar nossa relação com a comida. Não comemos farinha de arroz, barrinhas de cereais, ou qualquer outro carboidrato refinado, mas comemos barras de castanhas/ nozes que são altamente nutritivas. Só que com muita moderação e nos dias mais convenientes, não o tempo todo.

Se você comer muita farinha de amêndoas, ou castanhas de caju, você irá engordar, mesmo que sejam paleo e não sejam refinados.

O excesso de gorduras destas fontes pode ser um problema. Coma apenas o equivalente a 1 colher de sopa delas por dia, ou um pouco mais de puder.

Você está comendo um punhado de amêndoas nos iogurtes com mel? Ou você está batendo dezenas de amêndoas no liquidificador para fazer cupcakes de chocolate adoçados com mel, ou mesmo xilitol? Os mesmos ingredientes, com diferentes doses geram resultados diferentes. No final de um dia, uma panqueca, um brownie ou um cupcake com 1 colher de sopa de farinha de amêndoas é diferente que dezenas de castanhas.

Elas precisam ser bem moderadas se você quer emagrecer ou manter o peso.


Siga o Caio Fleury no instagram – @primalbrasil


 

3. Muito chocolate amargo

 

Muitas pessoas não são atraídas por ele, mesmo na comunidade paleo. Mas quem gosta, gosta mesmo! E muitas vezes mete o pé na jaca.

O chocolate escuro é absolutamente um alimento saudável. Dezenas de estudos o apoiam para a saúde do coração, função mental e atividade anti-inflamatória. E uma vez que você atingiu 80% de cacau, você passa a receber uma boa dose de antioxidantes e polifenóis do cacau, gordura de cacau saudável com quase nada de açúcar. Eu amo um bom pedaço de chocolate amargo de qualidade. Coma-o várias vezes por semana, às vezes mais.

Mas ainda é um complemento, no entanto.

Se quiser, explore outras avenidas para a ingestão de cacau. Procure cacau em pó. Faça chocolate quente (use leite de coco, se preferir). Incorpore o cacau em sua cozinha (alguém quer um cookie primal?). Experimente o cacau com adoçante natural. Você pode usar cacau com adoçante natural (estévia/ xilitol) e controlar seu próprio nível de doçura desejado.

Resumindo: chocolate 80% em moderação e cacau em pó mais à vontade.

4. Comer proteínas demais.

 

Se você comer proteínas mais de 2 ou 3 vezes por dia e não fizer treinamento de musculação, isso pode estar atrapalhando sua perda de peso… 2 filés por dia de carnes ou peixes já podem ser suficientes para você.

5. Evitar totalmente os exercícios aeróbicos.

 

Você pode estar evitando demais os exercícios de cardio. Vocês já devem saber que o treino resistido como musculação, HIT, crossfit, treino funcional, etc, podem oferecer muitos dos benefícios dos exercícios aeróbicos e ainda mais. Eles são mais poderosos na busca de um corpo bonito com pouca gordura e na melhora da resistência à insulina.

Por outro lado, exercícios aeróbicos crônicos, como corridas longas é ruim para a maioria das pessoas. São potencialmente problemáticos. Isso pode sugar a vida de você pra fora. Dói suas articulações ou até mesmo seus relacionamentos. E nem mesmo é muito bom para reduzir a gordura corporal e melhorar a composição corporal. Você pode obter muitos dos mesmos benefícios e uma tonelada de novos de uma maneira eficiente em termos de tempo, aumentando a intensidade e reduzindo o volume de seus exercícios. Se você não está sendo pago para correr muito todo dia, não faça isso. A não ser que goste muito mesmo, pois gosto não se discute.

No entanto, um jogging ao redor do bairro não vai matá-lo. Nem todo cardio é crônico. Uma boa corrida de 20 minutos está ótimo. Uma caminhada longa é excelente.  Se fizer isso e ficar de olho na dieta, poderá ter ótimos resultados… Mas nunca terá o corpo igual ao que teria se fizesse um pouco de musculação ou qualquer outro treino resistido.

Talvez você queira correr 3 ou 5 km de vez em quando. Mas você não precisa fazer todos os dias, ou mesmo toda semana. Existem outras modalidades de exercício que valem mais a pena para você conquistar o corpo que sempre quis sem gastar muito tempo.

Já conhece o coaching de emagrecimento? Saiba mais!

imagem coaching de emagrecimento

2 Comentários

  1. Karina disse:

    To seguindo essa dieta e ta sendo ótimo. Já perdi 8kg em duas semanas..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *