Medo das gorduras está evaporando

Por Nina Teicholz

(CNN) – Comer gordura ajuda a saúde do coração e perda de peso, concluiu um estudo clínico amplamente divulgado.

O resultado não surpreendeu seguidores mais próximos de ciência da alimentação, uma vez que ecoou uma década de estudos semelhantes. No entanto, este novo experimento clínico não foi ignorado pelos especialistas em nutrição e meios de comunicação como no passado; e essa foi a verdadeira notícia. É um sinal de que o medo da gordura dietética de meio século de duração pode finalmente estar derretendo e este é exatamente o avanço necessário para começar a curar a saúde da nação.

Quando os americanos foram colocados em uma dieta de baixo teor de gordura na década de 1970, a evidência científica por trás dela era bem fraca. No entanto, desesperados para combater as epidemias da nação de doenças cardíacas e câncer, a comunidade científica se reuniu por atrás do dogma de baixo teor de gordura por questões políticas. E a ideia de que comer gordura faz você gordura há muito tempo tem um certo apelo intuitivo.

Desde então, desafiar a sabedoria convencional sobre a gordura na dieta tem sido uma forma de suicídio profissional para especialistas em nutrição. Críticos enfrentaram empecilhos. Eles tinham problemas para obter artigos publicados, perderam bolsas de estudo e foram expulsos de painéis de especialistas. “Por uma geração, a investigação sobre a doença cardíaca foi mais política do que científica”, lamentou George Mann, professor de bioquímica e especialista de destaque em toda a década de 1970.

Ele próprio foi avisado por um secretário nos Institutos Nacionais de Saúde que, se ele mantivesse sua crítica constante sobre a dieta de baixo teor de gordura, ele perderia sua bolsa de pesquisa, o que acabou acontecendo.

Nina Teicholz: A carne vermelha não é ruim para você

Os céticos apontam para o fato da dieta de baixo teor de gordura nunca ter sido devidamente testada antes de ser recomendada para o público. Notáveis ​​30 anos se passaram antes que os ensaios fosse conduzidos, em seguida, os resultados foram totalmente decepcionantes para quem acreditou na dieta baixa em gordura para perda de peso.

De fato, no maior estudo da história sobre dieta, chamado Iniciativa de Saúde da Mulher com cerca de 50.000 mulheres, os pesquisadores descobriram em 2006 que os indivíduos que seguiram uma dieta de baixo teor de gordura por uma média de sete anos terminaram apenas meio kg mais leve do que aqueles em uma dieta regular, e com quase nenhuma vantagem na prevenção do câncer, doença cardíaca ou diabetes. Robert Knopp, o especialista lipídico já falecido, da Universidade de Washington que conduziu alguns dos primeiros testes com a dieta de baixo teor de gordura, comentou que “houve uma ensurdecedora falta de comentários na mídia e na comunidade científica” sobre estes resultados devastadores.

No ano passado, um painel de especialistas convocado pelo governo sueco revisou toda a literatura da dieta de baixa gordura e determinou que a dieta de baixo teor de gordura recomendada universalmente foi ineficaz como uma ferramenta para perda de peso. Se eles não tivessem sido cegados por preconceito e ignorância, os americanos teriam chegado à mesma conclusão com base em nossa realidade aqui na Suécia.

Nos últimos 30 anos, temos obedientemente reduzido a gordura como uma parte da ingestão total de calorias em cerca de 5%, enquanto o aumento de carboidratos foi de cerca de 25% ou mais, e ainda ficamos mais gordo e mais doente como nação.

Nossas próprias autoridades têm se mostrado relutantes em investigar idéias alternativas. A abordagem low-carb popularizado por Robert C. Atkins no início de 1970 foi incriminada por décadas. Os dois principais financiadores da ciência da nutrição, a “American Heart Association” e o “National Heart, Lung, and Blood Institute” por muito tempo consideraram a dieta Atkins uma moda passageira e insalubre.

Apesar destes obstáculos, um número crescente de cientistas na última década realizaram centenas de ensaios clínicos rigorosos em um total de milhares de pessoas que contam uma história cada vez mais clara e consistente: Uma dieta baixa em carboidratos consistentemente demonstrou ser mais eficaz na luta contra doenças do coração, obesidade e diabetes.

Alguns dos resultados foram deslumbrantes. Em um estudo, os pacientes com diabetes em uma dieta low-carb melhoraram de forma tão dramática que eles foram capazes de deixar sua medicação de diabetes. Em outros ensaios, a pressão arterial dos indivíduos caiu muito mais do que aqueles com uma dieta de baixo teor de gordura, que os sujeitos estavam, ainda por cima, tomando medicação para pressão arterial.

Infelizmente, esta história tem sido ignorada por instituições de saúde patrocinadas pela indústria de alimentos processados. Por exemplo, em 2008, o prestigiado New England Journal of Medicine publicou um estudo que foi duas vezes maior e durou o dobro do tempo que aquele que outro que apareceu em 2015 na revista Annals of Internal Medicine. Ele produziu resultados semelhantes, com os participantes que seguiram a low-carb tendo um desempenho muito melhor do que os indivíduos que comeram pouca gordura.

Além disso, não houve nenhuma tentativa de contar com estes ensaios low-carb bem sucedidos no relatório de peritos que informa as diretrizes nutricionais americanas mais recentes da USDA, o órgão responsável pela saúde alimentar da nação. O governo mantém a sua posição de longa data que “dietas saudáveis ​​são ricas em carboidratos”, sem estar a par do que a literatura científica tem demonstrado por muito tempo.

Agora, pela primeira vez, a mídia e pesquisadores de alimentação convencionais estão falando abertamente e seriamente, sobre os potenciais benefícios para a saúde de uma dieta baixa em carboidratos. Se o nosso erro ao longo dos últimos 50 anos tem sido o de trocar muitas de nossas calorias de gorduras por carboidratos, a ciência da alimentação, como qualquer ciência, pode corrigir-se, mas somente com este novo clima de debates abertos e imparciais.

banner livro

E para finalizar, uma ótima notícia… Eu vou te dar de presente meu novo ebook sobre dieta low-carb e cetogênica, aproveite para baixar GRÁTIS agora —>>> clique AQUI

Quer também ficar por dentro de tudo que está acontecendo de melhor no mundo da nutrição? Aproveite AGORA para seguir meu canal do youtube —–>>> Clique AQUI para seguir meu canal do youtube.

Outra notícia boa… Você está querendo emagrecer, mas está tendo dificuldades?? Então faça o coaching de emagrecimento para perder peso com tranquilidade de um jeito que você nunca tentou antes.

Me mande uma mensagem e agende uma consulta o quanto antes 😉

                          (11) 97533-8525                               

     Atendimento personalizado – Até 10x no cartão

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *