Óleos de cozinha podem ser tão perigosos quanto cigarro

Por: David Gillespieóleos vegetias

O fumo e os óleos vegetais processados causam doenças através do mesmo mecanismo. Nós não forçamos nossos filhos a fumar, então por que os forçamos a consumir óleos vegetais?

As pessoas que fumam são seis vezes mais propensas a sofrer de doença cardíaca que não fumantes. Portanto, não deve ser surpreendente que os pesquisadores tenham concluído que a redução significativa no tabagismo nos últimos 50 anos tem sido um dos principais impulsionadores da redução paralela das taxas de doenças cardíacas. Embora você possa se surpreender ao descobrir que, até recentemente, os cientistas não tinham ideia de por que isso poderia ser.

O câncer representa menos de um terço das mortes atribuíveis ao tabagismo, enquanto a doença cardíaca e o acidente vascular cerebral são responsáveis ​​por quase metade. O câncer de pulmão é uma conseqüência óbvia de inalar uma nuvem de produtos químicos intencionalmente. Mas descobrir como isso poderia estar relacionado a “artérias entupidas” foi um pouco complicado até uma ou duas décadas atrás.

Esse bloqueio das artérias, é o resultado de um processo de inflamação e respostas imunes, não porque um pedaço de bacon ficou preso nas artérias. O pobre do bacon não tem nada a ver com a história. Foi injustiçado

Agora sabemos que a doença cardíaca é causada por estresse oxidativo provocando uma resposta imune que começa como dano nas artérias e pode finalmente acabar em doença cardíaca. E graças a uma década de pesquisa significativa na área, sabemos que os produtos químicos contidos na fumaça do cigarro causam diretamente o estado de oxidação, inflamação e resposta imune. Especificamente, esses produtos químicos são os aldeídos α, β-insaturados.

Acontece que a queima de tabaco é uma maneira realmente excelente de produzir aldeídos em quantidades seriamente perigosas. E a inalação da fumaça produzida é uma maneira quase perfeita de levá-los à nossa corrente sanguínea. Uma vez que os aldeídos estejam no nosso corpo, o dano que podem causar prolonga-se muito além das doenças cardíacas. Eles são extremamente cancerígenos tóxicos e provavelmente desempenham um papel primário no desenvolvimento do câncer de infância.

É por isso que um cirurgião geral dos EUA descobriu em 2006 que o tabagismo impacta quase “todos os órgãos do corpo” e que “não existe um nível de exposição livre de risco” para a fumaça do cigarro.

Mas, inalar aldeídos não é a única maneira de se deparar com eles, também podemos fazê-lo se tivermos muita gordura poliinsaturada ômega-6 na nossa dieta. Óleo vegetal feito de sementes (Canola, Girassol, Milho, Cártamo e Soja, por exemplo) – óleos de sementes – são muito elevados em gorduras ômega-6. Quando comemos essas gorduras, elas são incorporadas em cada membrana celular em nosso corpo e criam um estado de estresse oxidativo que resulta na produção desses aldeídos altamente tóxicos.

Ironicamente, a compreensão equivocada de muitas instituições com base em pesquisas financiadas pela indústria da margarina, como a Fundação americana do Coração de como a doença cardíaca funciona, fez com que consumíssemos mais e mais  da própria substância que sabemos agora causar e a maioria dos cânceres que nos afligem atualmente. Esses óleos de sementes são exatamente as substâncias que a Fundação do Coração tem nos dito para consumir e nós fizemos obedientemente como nos diziam.

Os óleos de semente processados são agora a principal fonte de gordura em quase todos os alimentos na prateleira do supermercado, no bar de lanchonete local e servido em todos os restaurantes. O McDonald’s, por exemplo, parou de fritar com gordura de carne e passou a usar óleo de canola em 2004 após a pressão incessante da Heart Foundation. E o KFC seguiu o exemplo em 2012… Os óleos de sementes processadas são agora a principal fonte de gordura em quase todos os alimentos na prateleira do supermercado, no bar de lanchonete local e servido em todos os restaurantes.

Enquanto os aldeídos em nossos corpos (de consumir muito óleo de semente) são bastante devastadores, agora está ficando bastante claro que podemos torná-los ainda mais perigosos do que já são. Tudo o que precisamos fazer é aquecê-los antes de os comermos… O que já é feito na fabrica inclusive, mas que é continuado na cozinha.

Um estudo publicado até o final de 2015 descobriu que quando os óleos contendo gorduras Omega-6 são aquecidos a uma temperatura de cozimento normal (de 180 ° C), eles criam quantidades significativas de aldeídos. E cada vez que o óleo foi reutilizado, a concentração aumentou maciçamente. O estudo mostrou que, no quinto dia de reutilização do óleo, teve 5 vezes a concentração desses produtos químicos que teve no primeiro (que já era alarmantemente alto).

É por isso que agora estamos vendo câncer de pulmão (por exemplo) afetando um grande número de pessoas que nunca fumaram, mas que cozinham com óleos de sementes. E também é provável que seja a razão pela qual, mesmo que o fumante médio agora fume muito menos do que o fumante médio na década de 1960, e ainda assim eles são muito mais propensos a morrer de doenças relacionadas ao tabagismo.

A ciência convergiu para uma única verdade unificadora. Muitos tipos de câncer e doença cardíaca são causados ​​por aldeídos. E se os encontramos fumando, inalando a fumaça de outras pessoas, inalando vapores da fritura ou comendo os alimentos cozidos com esses óleos de sementes, o dano é o mesmo e é devastador.

Nada disso é especulação. É uma ciência bem estabelecida que está sendo ignorado por muitas instituições financiadas ou influenciadas pela indústria. Eles estão felizes em aceitar que expor-nos a fumaça de cigarro causará doenças cardíacas e câncer. Eles ainda estão felizes em aceitar que o cigaro é um importante fator de risco para o câncer infantil em crianças que nunca fumaram. Mas quando a ciência nos diz que os óleos de sementes funcionam exatamente pelo mesmo mecanismo, eles nos dizem para consumir mais deles. Eles também tentam nos forçar e forçar nossos filhos a meter para dentro estes produtos altamente perigosos.

Banner 2

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Anti-Spam by WP-SpamShield

Show Buttons
Entre em contato
Hide Buttons