Novidades em vídeo

Hoje trago a vocês dois vídeos muito interessantes, vale a pena reservar um tempinho para assistí-los.’

O primeiro, alguns já devem ter ouvido falar, é um documentário brasileiro, chamado “Muito além do peso”  lançado recentemente, que trata da questão da obesidade infantil sob muitos aspectos e chama a atenção pela gravidade da situação aqui no Brasil. Quem tem filhos ou crianças próximas de si, sabe a dificuldade em tentar fazê-las se alimentarem direito, em meio a tantas guloseimas atrativas, propagandas e apelos emocionais para o consumo irrestrito destes “alimentos”. O documentário é uma tentativa de conscientizar os pais sobre o problema da obesidade infantil e dos diversos problemas de saúde que por conseqüência acontecem, mas vale também para muitos adultos que ainda não perceberam o quanto nos distanciamos da nossa alimentação ancestral, ideal para nossa saúde e longevidade.

Hoje, na maioria das casas, grande parte das refeições são compostas por “alimentos” (que ponho entre aspas, pois produtos industrializados, altamente processados e químicos, não podem ser chamados de alimentos de verdade) industrializados, desde o pior tipo de salgadinho até o suco em caixinha, riquíssimo em açúcar. Muitos desconhecem o efeito destes produtos no nosso organismo e consideram estar fazendo um bem para as crianças, já que elas estão se alimentando e felizes por estarem consumindo o bolinho que saiu na propaganda da TV, por exemplo. Estes “alimentos” são desenvolvidos para agir em áreas de recompensa no cérebro e assim gerar um efeito viciante, descontrolando seu apetite e saciedade e criando um desejo infinito por mais, mais e mais. Com isso, as crianças (e alguns adultos também) passam a não dar mais valor aos alimentos de verdade, frutas, vegetais, carnes, ovos, entre outros, e chegam ao ponto de eliminar completamente estes alimentos de sua dieta, como é retratado no filme, onde diversas crianças não sabem o que é um abacate ou uma batata.

 

 

O segundo vídeo foi publicado aqui no Primal Brasil tempos atrás, mas está relacionado com o documentário acima, pois também trata da questão do açúcar e obesidade. É uma reportagem com o Dr. Lustig que nós legendamos para português. (Para ativar a legenda, clique no quadradinho das legendas e selecione português – veja a foto abaixo).

legenda

Dr. Robert Lustig é um neuroendocrinologista, professor de pediatria na Universidade da Califórnia, em São Francisco e palestrante do vídeo “Açúcar: uma verdade amarga”. Dr. Lustig está se tornando uma autoridade da saúde pública, principalmente no que se relaciona ao impacto do açúcar no aumento da diabetes, obesidade e síndrome metabólica.

A universalidade de suas descobertas permitiram que Lustig reunisse estas linhas de pesquisa em livro, unificando hipóteses sobre as causas, prevenção e tratamento da epidemia de obesidade atual e o papel do nosso ambiente nas mudanças bioquímicas que promovem o aumento de peso. Isto o levou a explorar o papel específico da frutose como um mediador específico tanto das doenças crônicas como e do aumento contínuo do consumo de calorias. Os estudos dele mostram que a frutose é metabolizada mais como álcool do que como glucose, e por isso, contribui para os danos ao fígado.

Dr. Lustig é autor de 85 artigos e de 30 pesquisas. Ele foi mentor de 20 pediatras endocrinologistas e treinou diversos outros profissionais. Ele fornece apoio endocrinlógico para vários protocolos do Grupo de Oncologia Infantil, além de pertencer à diversas associações pediátricas contra a obesidade.

Espero que tenham gostado!

 

Banner1

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comments Protected by WP-SpamShield Spam Blocker

Show Buttons
Compartilhe no Face
Entre em contato
Hide Buttons