Lista de azeites batizados

Segue a reportagem completa da Proteste – Associação dos consumidores:

Azeites: extravirgens só no rótulo

31 outubro 2013

azeite_de_oliva

 

A PROTESTE testou 19 marcas de azeites extravirgens e constatamos que, 7 são virgens e 4 têm indícios de fraude contra o consumidor, já que pelos padrões da lei, não podem ser considerados azeites.

Se você costuma optar pelos azeites extravirgens por acreditar que eles sejam mais puros, saborosos e saudáveis, é melhor tomar cuidado,pois você pode estar sendo enganado.

Das marcas de azeites que testamos, boa parte dos que se dizem “extravirgens”, na verdade, não passa de “virgens” e alguns são até “lampantes”.

A PROTESTE já realizou quatro testes com esse produto, e, este foi o que teve pior resultado, com o maior número de fraudes contra o consumidor.

Verificamos se havia produtos adulterados, ou seja, comercializados fora das especificações estabelecidas por lei. E, também que preço e renome nem sempre são sinônimos de maior qualidade. O melhor do teste foi, de fato, o que custa mais caro entre os testados. Porém, nossa avaliação mostra que há outros produtos de boa qualidade que custam bem menos.

Fizemos a análise sensorial em laboratório reconhecido pelo Conselho Oleico Internacional (COI). Eles avaliaram a qualidade das amostras quanto ao aroma, à textura e ao sabor de acordo com parâmetros técnicos. Segundo a legislação, em azeites extravirgens não podem ser encontrados defeitos na análise sensorial.

Analisamos diversos parâmetros físico-químicos para detectar possíveis fraudes: 

  • Presença de óleos refinados;
  • Adição de óleos obtidos por extração com solventes;
  • Adição e identificação de outros óleos e gorduras;
  • Adição de outras gorduras vegetais;

Na análise sensorial, apenas oito marcas tinham qualidade de azeite extravirgem de acordo com os especialistas. Entre as outras, sete alcançaram defeitos que, pela legislação, as caracterizavam como azeites virgens. São elas:

  • Borges
  • Carbonell
  • Beirão
  • Gallo
  • La Espanhola
  • Pramesa
  • Serrata

As quatro marcas com problemas de fraude foram também consideradas, pela análise sensorial, como azeites lampantes. São elas:

  • Tradição
  • Quinta da Aldeia
  • Figueira da Foz 
  • Vila Real

Fim

———————–//—————————————–//—————————————-//————————-

Os azeites considerados extravirgens são eles:

  • Olivas do Sul,
  • Carrefour,
  • Cardeal,
  • Cocinero,
  • Andorinha,
  • La Violetera,
  • Vila Flor,
  • Qualitá

Colesterol

8 Comentários

  1. Bruna

    Acho muita falta de respeito esses problemas todos nos azeites, principalmente os da marca Gallo que por aqui é tão famoso e bem falado. Sempre comprei andorinha ou cocineiro, ainda bem =]

    Responder
    1. Gustavo

      Não é a toa que a Oliveira da Serra (fabrica também o Andorinha) roubou a liderança da marca Gallo em Portugal.

      Responder
  2. CEZAR ELIAS BÚRIGO

    PARABENS, FICO GRATO PELAS INFORMAÇÕES. É NECESSÁRIO DAR UM BASTA NESTAS EMPRESAS QUE VENDEM GATO POR LEBRE. SE TODOS FOSSEM INFORMADOS CORRETAMENTE, E DEIXASSEM DE COMPRAR PRODUTOS ADULTERADOS, OU ELES FECHARIAM, OU DEIXARIAM DE CONTINUAR LUDIBRIANDO OS CONSUMIDORES.

    Responder
  3. wannya

    Sou adepta do azeite extra virgem e já tinha ouvido falar a respeito da fraude quanto a qualidade desses azeites. Fico muito feliz e agradecida pela divulgação dessa lista, sem saber eu acertei, pois eu uso o Andorinha. Vou continuar usando. Obrigada.

    Responder
  4. BEATRIZ MARIA DA SILVA

    OBRIGADO POR NOS ORIENTAR SOBRE A QUESTÃO DO AZEITE

    Responder
  5. Luciana

    Tenho em casa da Qualitá, bom saber que foi aprovada, mas ruim saber que tantas marcas famosas e reconhecidas foram reprovadas.

    Responder
  6. Felipe

    Boa matéria!
    Eu já havia visto essa lista na internet e dou preferência ao andorinha, já que ele é fácil de encontrar, o preço não varia muito e o bico dosador dele é ótimo.

    Responder
  7. pedro

    Porque ninguém processa essas empresas?

    Responder

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Anti-Spam by WP-SpamShield

Show Buttons
Entre em contato
Hide Buttons