Dieta Paleo/Primal é a dieta mais nutritiva-Parte 1

Os Caltons estão entre os principais especialistas do mundo sobre os temas de gestão de peso, medicina do estilo de vida e deficiência de micronutrientes. Jayson Calton é membro da Associação Americana de Medicina Integral, com um currículo impressionante nas áreas de medicina, nutrição e microbiologia. É um dos sete profissionais registrados como Profissionais de Saúde Ortomolecular nos EUA, e membro-diretor da Associação Americana de Saúde Holística e do Comitê Americano de Saúde Integral. Ele e sua esposa, Mira Calton, são reconhecidos por promoverem a perda de peso sustentável e reversão de doenças, o que tornou sua consultoria muito procurada por celebridades, atletas e top executivos de empresas ao redor do mundo.

calton project

O projeto Calton:

Eles viajaram durante 6 anos, em 7 continentes e 100 países diferentes com o objetivo de realizar o que chamam de projeto Calton, uma extensa pesquisa realizada com tribos primitivas com o intuito descobrir o que as tribos primitivas consomem e a relação dos alimentos consumidos com o desenvolvimento de certas doenças. Com base no seus estudos, criaram sua teoria de que a deficiência de micronutrientes é a mais ampla e perigosa condição de saúde do século 21, por ser uma epidemia silenciosa, em que a maioria das pessoas não sabe que possui.

Eles foram inspirados pelo famoso dentista Weston A. Price, que viajou ao redor do mundo no começo do século 20 com o intuito de estudar a saúde das tribos primitivas e em seguida publicar um livro chamado: Nutrição e Degeneração Física, um manual detalhado da saúde de populações primitivas ao redor do globo e sua relação com a alimentação e fundador do instituto Associação dos Dentistas Nacionais.

calton project aborigena

Assim como Weston Price, os Calton descobriram que as pessoas que viviam em áreas isoladas em geral não tinham nenhum sinal de deficiência de nutrientes, eram pessoas completamente saudáveis. Não se pôde observar muitas doenças nestas regiões, pois segundo os Caltons, se disponibilizavam dos alimentos mais ricos em micronutrientes, alimentos frescos e provenientes de um solo que nunca foi destruído, sendo riquíssimo em nutrientes.

Nas palavras de Jayson:

Muitas pessoas pensam que com hospitais, médicos e todo conhecimento de medicina nas áreas urbanas e grandes cidades as pessoas são mais saudáveis e caçadores e coletores de áreas remotas são pobres, infelizes e desamparados, que estão sujeitos ao desenvolvimento de diversas doenças. Mas a realidade é exatamente oposta. Quando fomos para áreas remotas na Papua Nova Guiné, Índia, China e nos outros continentes, com pessoas seguindo uma variedade de dietas locais típicas e milenares descobrimos que esta pessoas são as mais saudáveis . Elas não tinham câncer, nem sequer ouviram falar de câncer e certamente não tinham diabetes ou doenças cardíacas. A obesidade era inexistente.

Quando os Calton foram para outras áreas afastadas, porém menos remotas, os comerciantes locais vendiam alimentos com margarina, refrigerantes e diversos alimentos processados para e nestes locais foi possível observar sinais de pré-diabetes e obesidade. No momento em que chegaram às grandes cidades, a situação era parecida ao que se vê nos Estados Unidos. Na Índia, por exemplo os níveis de obesidade tem crescido exponencialmente nas últimas duas décadas, com boom de marcas de fast food como KFC e McDonald’s e o aumento do consumo óleos vegetais, açúcar e farinha de trigo. Aproximadamente um terço das crianças que estudam em escolas particulares são consideradas obesas.

calton project obseidade crescente junto com a hurbanizacao na india

Dr. Jason e Mira fizeram uma análise dos micronutrientes da dieta primal e compararam com dietas modernas de países industrializados e algumas dietas da moda, como a dieta DASH e a dieta South Beach, entre outras. Constataram que a dieta primal é substancialmente mais nutritiva que as dietas modernas e todas as outras dietas estudadas, comparando calorias por calorias.  Descobriram que a grande vantagem da dieta primal em termos de quantidade e variedade de micronutrientes é devido ao fato de ser possível consumir carnes, ovos, manteiga, vegetais, nozes e um pouco de frutas. Ou seja, há uma seleção de alimentos que irão fornecer um espectro de micronutrientes essenciais.

Eu posso facilmente argumentar que alimentos Primal / paleo são, caloria por caloria, os alimentos mais nutritivos que podemos encontrar. Em outras palavras, a alimentação Primal / Paleo  é a maneira mais nutritiva que uma pessoa pode comer

Você pode encontrar uma parte do estudo aqui: http://www.jissn.com/content/7/1/24

A alimentação nas sociedades industrializadas, em geral, resulta em severa deficiência em alguns dos micronutrientes essenciais. Um dos micronutrientes  que comumente faltam na alimentação moderna de acordo com Jason são (vitamina B7, vitamina D, K, magnésio, potássio, vitamina E, zinco, Cromo, iodo e molibdênio), além de ácidos graxos essenciais Omega 3 DHA e EPA. Jason e Mira também constataram que dietas hipocaloricas ricas em grãos integrais e sucos somente agravam o problema da má nutrição e deficiência nutricional, principalmente para pessoas acima dos 50 anos.

Não obstante, dietas veganas, ou vegetarianas ricas em alimentos de origem vegetal e  pobres em alimentos de origem animal em geral são insuficientes em micronutrientes. Tal regime alimentar geralmente leva à deficiencia de vitamina D, vitamina K2 e cálcio que estão relacionadas a perda de densidade óssea. Além de outros nutrientes como vítaminas do complexo B, como a vitamina B12, zinco, ferro, taurina, creatina, carnitina, colina, CoQ10, entre outras. Ácidos graxos essenciais, principalmente o omega 3 DHA e EPA são encontrados em peixes de água fria, sendo que fontes vegetais como o óleo de linhaça e gengibre, por exemplo, fornecem somente ácidos graxos ômega 3 ALA, que são convertidos em uma taxa de 5% aproximadamente para EPA e DHA.

Suplementação recomendada:

Os nutrientes que em geral estão associados à deficiencia em indivíduos que seguem qualquer dieta de acordo com Jason e Mira são:

Vitamina D, E, magnésio, selênio, zinco, cromo, cálcio, potássio e CoQ10. Suplementos como óleos Omega 3 (DHA e EPA) de animais marinhos e óleo de coco são recomendados.

Você pode encontrar no meu livro mais informações sobre estes nutrientes no capítulo 10 Suplementos: Vitaminas e minerais essenciais. Farei uma análise mais detalhada dos estudos do Jason na parte dois do artigo. Não percam!

 

banner livro

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comments Protected by WP-SpamShield Spam Blocker

Show Buttons
Compartilhe no Face
Entre em contato
Hide Buttons