Increva-se para receber conteúdo novo por email

Como dar um upgrade no seu sistema imune, reduzir a inflamação e curar doenças autoimune

O episódio de hoje é sobre como você pode melhorar seu sistema imune, como você pode reduzir a autoimunidade, reduzir a inflamação e curar sua doença autoimune, se for o caso.

Como você vai limpar sua dieta, limpar as toxinas alimentares que trazem bactérias nocivas e patógenos para seu corpo e restaurar seu intestino, onde se encontra a maior parte do seu sistema imune.

Falei sobre como você vai restaurar sua barreira intestinal para fortalecer seu sistema imunológico e impedir que as toxinas e bactérias nocivas entrem na sua circulação sanguínea e desencadeiem o processo autoimune.

Também aproveitei e falei um pouco sobre suplementos e alimentos para fortalecer seu sistema imune.

Escute até o final para você entender exatamente como se livrar desta armadinha autoimune.

Recursos:

O que fazer para melhorar sistema imune e curar a autoimunidade:

Cortar o glúten

Cortar carboidratos refinados

Cortar açúcar

Cortar grãos e leguminosas.

Cortar ou reduzir laticínios, exceto manteiga (se tiver sensibilidade a proteína dos laticínios e lactose)

Reduzir castanhas e oleaginosas

Dieta low-carb, jejum diário de 16h e semanal de 24h.

 

Alimentos para melhorar o sistema imune:

Alho

Cúrcuma misturada com pimenta do reino

Cogumelos

Gengibre

própolis

Entre outros

Prebióticos:

Farinha de coco, farinha de linhaça, farinha de casca de uva, inulina, vegetais, legumes em geral, etc.

 

Probióticos

Bifidobacteria e lactobacillus

 

Suplementos:

Óleo de krill 5 a 9 cápsulas por dia

Cúrcuma em pó

Gengibre em pó

Multivitamínicos internacionais (ex: marca life extension, dr. Mercola, thorne)

Entre outros

 

Exames:

Hemograma

Anticorpos antinucleares FAN

PCR

Velocidade de hemossedimentação (VHS

Teste direto de Coombs

Tireoide:

TSH

T3

T4

Anticorpos da tireoide: dosagem de Anti-TPO (anticorpo anti-peroxidase ou anticorpo antimicrossomal) e anti-tireoglobulina.

Exames de intolerância a glúten (é recomendado cortar mesmo sem ser detectado nos exames)

.

E para finalizar, uma ótima notícia… Eu vou te dar de presente meu novo ebook sobre dieta low-carb e cetogênica, aproveite para baixar GRÁTIS agora —>>> clique AQUI

Quer também ficar por dentro de tudo que está acontecendo de melhor no mundo da nutrição? Aproveite AGORA para seguir meu canal do youtube —–>>> Clique AQUI para seguir meu canal do youtube.

Outra notícia boa… Você está querendo emagrecer, mas está tendo dificuldades?? Então faça o coaching de emagrecimento para perder peso com tranquilidade de um jeito que você nunca tentou antes.

Me mande uma mensagem e agende uma consulta o quanto antes 😉

                          (11) 97533-8525                               

     Atendimento personalizado – Até 10x no cartão

Inscreva-se para receber artigos como este por e-mail!

2 Comentários

  1. MIRIAM LUCIA FELIX disse:

    Prezado, boa tarde!

    Acompanho suas publicações, seus e-books e estou surpresa com esse artigo” sobre o sistema imune.
    Pergunta:

    Qual o motivo de cortar grãos e leguminosas e reduzir castanhas e oleaginosas?

    Fiquei confusa

    • Admin disse:

      Olá, obrigado pela pergunta 😉

      Cortar grãos e leguminosas preconizo desde o início dos tempos devido ao alto teor de antinutrientes dos mesmos que atrapalham a digestão, absorção dos nutrientes e, é claro, podem facilmente desencadear a autoimunidade, principalmente em pessoas sensíveis, com o intestino permeável e quando não são devidamente preparados como frequentemente acontece.

      Todos os protocolos de dieta autoimune excluem estes alimentos, caso contrário não há resultados bons.

      O glúten é classe 1, Laticínios com proteínas outros grãos e leguminosas é classe 2 e oleaginosas classe 3.

      Dito isso, um pouco de grãos e leguminosas bem preparados pode ser ok para quem não tem doença autoimune e a maioria das pessoas não tem intolerância a quantidades razoáveis de laticínios fermentados. Oleaginosas em pequenas quantidades, em geral, são saudáveis.

      Mas com a autoimunidade o jogo é outro…

      Obrigado

Deixe uma resposta para Admin Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oi, eu sou o Caio Fleury, autor do blogSolicite atendimento personalizado em até 10x no cartão pelo meu Whatsapp ou cadastre seu email grátis, para ganhar meu novo e-book.

Junte-se a milhares de pessoas, ganhe motivação, exclusividade e controle da sua vida

Você está com dificuldades para perder peso?
Faça um atendimento personalizado em até 10x no cartão!

Converse comigo pelo Whatsapp: (11) 97533-8525

Atenção: Para receber o meu e-book GRATUITO sobre dieta low carb e Cetogênica, cadastre seu email abaixo!

×