Colesterol alto não causa doenças do coração

Por: Henry Bodkin

Statins

O colesterol alto “não causa doença cardíaca” nova pesquisa constata, portanto, o tratamento com estatinas é um” desperdício de tempo”

O colesterol não causa doença cardíaca nos idosos e tentar reduzi-lo com drogas como estatinas é um desperdício de tempo, um grupo internacional de especialistas afirmou.

Uma revisão de pesquisas envolvendo cerca de 70.000 pessoas achou que não havia ligação entre o colesterol que tem sido tradicionalmente considerado “mau” e as mortes prematuras de doenças cardiovasculares em pessoas de 60 anos ou mais.

Publicado na revista BMJ Open, o novo estudo descobriu que 92 por cento das pessoas com um alto nível de colesterol viveram mais tempo. Portanto, colesterol mais alto aumenta a longevidade.

Baixar o colesterol com medicamentos é um total desperdício de tempo disse o Professor Sherif Sultan da Universidade da Irlanda. Exceto talvez em idosos que já tiveram um ataque cardíaco.

Os autores têm chamado para uma reavaliação das orientações para a prevenção de doenças cardiovasculares e aterosclerose, que é um endurecimento e estreitamento das artérias, porque “os benefícios do tratamento com estatinas têm sido no mínimo exagerados”.

Doenças do coração são comumente causadas por uma dieta pouco saudável, bem como fumar, não pelo colesterol alto.

O colesterol é transportado no sangue ligado a proteínas chamadas lipoproteínas e tem sido no passado associado a doenças cardiovasculares, tais como a doença coronária cardíaca, acidente vascular cerebral, doença arterial periférica e doença aórtica.

Man smoking a cigarette Fumar pode causar elevação dos triglicérides

 O co-autor do estudo Dr. Malcolm Kendrick, reconheceu que os resultados causariam controvérsia para a “sabedoria convencional”, mas defendeu eles como sendo “robustos” e ” uma profunda revisão”.

“O que descobrimos em nossa revisão sistemática detalhada foi que as pessoas idosas com níveis elevados de LDL (lipoproteína de baixa densidade), o tal chamado erroneamente de colesterol ”ruim”, viviam mais e tinham menos doenças cardíacas”

Especialista vascular e endovascular em cirurgia pela Universidade da Irlanda, Professor Sherif Sultan, que também trabalhou no estudo, disse que o colesterol é uma das moléculas “mais importantes” do corpo e impede  infecções, câncer, dor muscular e outras doenças em pessoas idosas.

“Baixar o colesterol com medicamentos para a prevenção cardiovascular primária em pessoas com idade acima de 60 anos é um total desperdício de tempo e recursos, enquanto que alterar seu estilo de vida é a única forma importante para alcançar uma boa qualidade de vida”, disse ele.

O autor principal, Dr. Uffe Ravnskov, um ex-professor de medicina renal na Universidade de Lund, na Suécia, disse que não há “nenhuma razão” para diminuir o colesterol alto, exceto em casos de colesterol muito alto. Mas isto depende do contexto individual das pessoas.

banner livro

2 Comentários

  1. Valquiria

    E qual o percentual considerado perigosa para um idoso com mais de 70 anos

    Responder
    1. Bruna e Caio (Publicações do Autor)

      De acordo com eles acima de 270 mg/dl (mas também depende de todo resto, HDL, triglicérides, inflamação, etc)

      Responder

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Anti-Spam by WP-SpamShield

Show Buttons
Entre em contato
Hide Buttons