Alimentação primal para cachorros

Este texto é uma tradução livre de “The Primal Eating Plan for Dogs“, publicado pelo Mark Sisson em seu site.

Nós imaginamos que muitos dos nossos leitores seguem estritamente a dieta Primal. Você compra pacotes e pacotes de amêndoas, se enche de óleo de peixe e evita os grãos como se fossem uma praga, mas como você está alimentando o seu cão? Nossos corpos tiveram mais de 10 mil anos para se adaptar a agricultura – e ela ainda está nos matando! As rações comerciais só existem há 50 anos. Imagine como seu cachorro se sente.

250889210_b51d6bb154

Considere o lobo, o parente mais próximo dos cachorros. Os lobos são caçadores e carniceiros, dependendo primeiramente de proteína animal. Eles não são, no entanto, chefs competentes. Veja uma tribo de lobos. Não há panelas, não há fogão. Nem mesmo um saleiro. Eles seguiam uma dieta crudivorista antes que isso se tornasse moderno. Você não vai ver lobos se alimentando de Pedigree por aí, eles comem carne crua, e em muita quantidade.

Geneticamente, os cachorros são virtualmente iguais aos lobos. Eles não foram nem domesticados até 15.000 anos atras. Então, por alguns 5.000 anos, os caras peludos que acompanhavam os caçadores coletores se alimentavam dos restos: carnes com ossos, carne de órgãos e talvez algum bife (se eles tivessem sorte). Eles eram carniceiros- como seus ancestrais lobos – e eles se desenvolveram como nossos companheiros utilitários. Por que outros motivos nós os manteríamos próximos por tanto tempo? Claro, consumir nossos restos pode não ter sido a melhor dieta para os cães, mas com certeza foi melhor do que a serragem seca e extremamente processada que se passa por alimento nos dias de hoje. Os cachorros modernos são fofuras mimadas. A comida pronta funciona para eles porque eles não fazem muito mais do que sentar e dormir.

208810939_69840d8daa

E a comida comercial para cachorros realmente funciona? Bem, certamente os mantém gordos e vivos. No mesmo sentido, a dieta ocidental baseada em grãos também nos mantém gordos e vivos, mas nós sabemos como nos sentimos em relação a isso. Assim como a industria farmacêutica tem a tendência de prescrever band-aids caros para mascarar a natureza perversa da nutrição moderna, a comunidade veterinária também da a impressão de que câncer, problemas nos ossos e outras doenças caninas simplesmente acontecem com o melhor amigo do homem. Nutrição, de acordo com eles, não tem nada a ver com isso. Mas caso tenha a ver, eles coincidentemente também vendem uma ração bem cara promovida pelos fabricantes que irá satisfazer todas as necessidades diárias do seu cachorro. Que sorte!!

Antes que você escute o veterinário, olhe os ingredientes na embalagem. Para vocês, que seguem a dieta Primal, os resultados irão chocá-los. Você verá coisas como ração de cordeiro, arroz, trigo, milho, cevada – e isso nas melhores marcas! Por que você daria grãos a um carnívoro? De alguma maneira, nós duvidamos que os lobos estivessem por aí colhendo arroz. E o que seria ração de cordeiro? Segundo a wikipédia, é “ a parte dissecada dos tecidos de mamíferos, preparada para funções alimentares ao ser defumada ou dissecada”. Depois de todo esse processamento, o que resta de valor nutricional da “carne” não pode possivelmente contrabalancear os outros ingredientes. O cachorro fica satisfeito e até feliz (eu, nós todos sabemos que os cachorros comem qualquer coisa com um sorriso no rosto), mas déficit nutricional só aumenta. Você pode continuar com a ração, mas se prepare para uma vida de contas de veterinários e dentistas para cachorros (a despesa que mais pode ser prevenida) e grandes quantidades de fezes mal cheirosas.

A verdade é que seguir uma dieta primal para cachorros é a melhor maneira de garantir cachorros felizes e saudáveis. E o melhor, você já está acostumado a preparar suas refeições primal, então a transição para uma dieta canina especializada não deve ser um grande passo. E é fácil também, não precisa cozinhar, temperar e preparar. Só olhe para o que os lobos consumem (leia-se: qualquer carne que eles possam por suas patas) e comece por ai.

1812936670_dd56f6903f

A comida

Uma alimentação primal para cachorros deve consistir principalmente de carne de órgãos, carnes com ossos crus ( como carcaça de frango ou pescoço de frango ou peru), e carne músculo – assim como nós! Realmente, qualquer produto animal é aceitável. Os lobos consomem uma grande variedade de animais, mas provavelmente é fora da realidade alimentar seu cão com antílopes, veados e etc regularmente. Algumas opções baratas incluem:

  • peru: pescoço, costas, asas, coxinha da asa, coração
  • frango: carcaça, costas, pescoço, coxas, asas, órgãos e ovos
  • peixes gordos: sardinhas, anchova, arenque
  • carne: músculos, órgãos, ossos gelatinosos/ medula

Os cachorros não precisam de file mignon para terem vidas felizes e saudáveis. A primeira parte da carne que os lobos consomem ao matar um animal são os órgãos. Eles preferem uma carne mais barata, cheia de gordura e nutrientes e manter a dieta deles permite alimentar seus cachorros com uma boa quantidade de produtos animais.

353753310_1ed04f694c

A transição

Passar da ração tradicional para uma alimentação crua pode ser um pouco difícil para os mais novos. Tente resistir a tentação de fazer uma transição metade ração/metade comida crua. Isto apenas irá confundir o sistema digestivo do cachorro e levar a uma diarréia explosiva. Lembre-se, você não está mudando de ração, você esta substituindo veneno por comida de verdade! Os filhotinhos são um papel em branco e irão absorver a dieta imediatamente, mas os cachorros mais velhos podem levar uns dias para se acostumar com a nova comida. Prepare-se para a detox se seu cachorro consome ração há muito tempo. Vômitos, diarréia, mau hálito e coceiras são parte do jogo. Não se preocupe… vai passar!

Comece com os básicos, como pescoço de galinha, por exemplos. Cachorros adoram roer e mastigar um osso, então isso será natural para eles. Se seu cachorro é um glutão (e maioria que consome ração é), segure os ossos para ele enquanto ele come para promover uma mastigação adequada. Uma vez que ele tiver aprendido a mastigar, você pode começar a adicionar carnes diferentes.

2613906199_bf07746ee7

 Os benefícios

Para realmente ver os benefícios, você tem que experimentar a dieta no seu cachorro. Os resultados irão te mostrar a diferença, mas os benefícios comuns incluem:

  • Pelo brilhante e macio: o programa alimentar primal para cachorro irá deixar o seu amigo com uma cobertura brilhante. Uma suplementação com óleo de peixe deixa isso ainda mais notável
  • Dentes mais brancos: consumir comida saudável e mastigar ossos crus vão limpar os depósitos de placa e deixar os dentes deles brilhando.
  • Conta menor no veterinário: consumir a comida ideal para o seu cachorro evolucionariamente irá cuidar das alergias e doenças menores responsáveis pela maior parte das visitas ao veterinário.
  • Custos menores: comprar ossos e carne de órgãos é na verdade consideravelmente mais barato do que comprar rações comerciais “premium”.
  • Um melhor amigo mais feliz e que viverá mais: o cachorro mais velho já registrado foi um cachorro australiano chamado Bluey, que consumia apenas Canguru e Emu. Seu cachorro terá uma vida mais longa e feliz com uma dieta primal.
  • Fezes firmes e sem odor: em uma dieta primal e crua, os cachorros desperdiçam muito pouco do que consomem. Isso significa que as fezes são menores, duras e sem muito cheiro. Ela também se transforma em um pó branco depois de um ou dois dias, facilitando a limpeza. Além disso, o processo de passar as fezes mais duras ira expressar as glândulas anais do seu cão, tornando outra visita cara ao veterinário obsoleta.

25682990_c727700ee9

Preocupações Comuns

 

Os cachorros não engasgam com os ossos?

Não com os ossos crus. Os ossos cozidos se quebram e eles podem ficar presos na garganta dos cachorros. Os ossos crus são mastigáveis e o conteúdo de cálcio é absolutamente integral para a saúde do cachorro. Além disso, mastigar os ossos mantém os dentes limpos. Chega de contas dentarias astronômicas!

E as bactérias que nascem nos alimentos? A carne crua não é perigosa?

Os lobos parecem se dar muito bem ao consumir carne crua. Os estômago dos cachorros é equipado para lidar com as bactérias da mesma maneira, então não se preocupe com a contaminação. No entanto, os humanos são vulneráveis.

E se meu cachorro ficar constipado?

Novamente, reter um pouco de fezes é bom para o seu cachorro. Mas se absolutamente se recusar a sair, um pouco de abóbora dará um jeito. A abóbora também firma as fezes moles.

Quanto eu deveria alimentar?

Vamos usar um cachorro de 30 kg como exemplo. Assumindo que ele faça bastante exercício, alimentar de 750g a 1kg de carnes sortidas e ossos é suficiente. Tudo varia de cachorro para cachorro, é claro. Se você não consegue sentir suas costelas, reduza a comida. Se as costelas estão muito proeminentes, alimente mais.

Apenas carne?

Os vegetais podem ser adicionados à dieta do seu cachorro. Na verdade, é recomendado. Cenouras são boas de mastigar, e espinafre, couve e aipo podem ser adicionados a mistura de carne. Suplementar com óleo de peixe também é recomendado para uma pelagem brilhante e saudável.

111938167_5bf4d34263

 Divirta-se

Divirta-se com isso. Seu cachorro é incrivelmente faminto e observar esta transformação é uma verdadeira alegria. Vá devagar e ouça seus instintos, já que você também segue uma alimentação Primal.

E você, já adotou a alimentação primal para seus cachorros? Está pensando em adotar? Me conte nos comentários abaixo.

 

24 Comentários

  1. Danielle

    Eu gostaria de adotar a dieta primal para as minhas gatas! Elas têm 4 anos e uma delas está beeem obesa, c/ gordura no fígado e coisas assim, sem dúvida por causa dos carbs e tranqueiras da ração…
    Acho que para o gato que é naturalmente carnívoro (nem onívoro como o cão) essas rações industrializadas fazem mais mal ainda.
    O problema que enfrento no momento é aceitação de carne por parte delas (difícil!) e a questão de $$ também, infelizmente é uma quantidade bem cara de carne por dia, estamos tentando viabilizar o custo. Sem dúvida vale a pena pela melhoria da saúde e qualidade de vida dos nosso bichinhos. Estou tentando seguir o plano de alimentação do site abaixo, é bem interessante http://www.cachorroverde.com.br/index.php/dieta-natural-para-gatos-adultos/

    Responder
    1. kelly

      Oi Danielle! também adotei essa dieta para as minhas gatas! É excelente! a saúde delas melhorou muito, estão com peso saudável, a queda de pelos diminuiu, os problemas digestivos também…elas brincam mais e estão com melhor aparência (pelos brilhantes e sem mau hálito!)..A transição é difícil, mas é importante! Elas estão há +/- 9 meses nessa dieta..em 1 mês conseguimos fazer a transição da gata mais chatinha..a outra se adaptou no 1o dia! boa sorte!

      Responder
  2. Danielle

    Eu gostaria de adotar a dieta primal para as minhas gatas! Elas têm 4 anos e uma delas está beeem obesa, c/ gordura no fígado e coisas assim, sem dúvida por causa dos carbs e tranqueiras da ração…
    Acho que para o gato que é naturalmente carnívoro (nem onívoro como o cão) essas rações industrializadas fazem mais mal ainda.
    O problema que enfrento no momento é aceitação de carne por parte delas (difícil!) e a questão de $$ também, infelizmente é uma quantidade bem cara de carne por dia, estamos tentando viabilizar o custo. Sem dúvida vale a pena pela melhoria da saúde e qualidade de vida dos nosso bichinhos. Estou tentando seguir o plano de alimentação do site abaixo, é bem interessante “http://www.cachorroverde.com.br/index.php/dieta-natural-para-gatos-adultos/”

    Responder
  3. Roberto

    Tenho feito comida cozida, a partir de peito de frango, com figado de frango e dado ossos crus de frango. Além de cenouras, aboboras, chuchu, batata doce e mandioquinha.
    Esse site do cachorroverde é legal, mas eles tem um medo da gordura saturada muito grande. Similar as pessoas, apesar de indicarem óleo de coco. hehehe…
    Minha cachorra tem gostado muito. Nunca mais pretendo dar ração. A ração que eu dava antes, ela teve uma pancreatite e quase morreu, era de primeira linha e tinha pelos menos dois tipos de milho trangênico e soja, além de outras coisas estranhas. Ninguém que lê aquilo comeria.

    Responder
  4. Julio

    o maior indice de cancer ocorre com os cachorro, pela baixa qualidade das racoes comerciais.

    Responder
  5. Leo

    Me perdoe a obviedade da pergunta, mas em relação a gatos (felinos em geral), poderíamos pensar nos mesmo princípios? Conhecem referências ou artigos a respeito? E quanto aos riscos relacionados a contaminação das carnes, existe algum cuidado relativo a um eventual problema dessa ordem?

    Parabéns pelo site, os artigos são excelentes!!!

    Abraço!!!!

    Responder
    1. Bruna Machado (Publicações do Autor)

      Leo,

      Compre carnes de boa procedência, coloque sobre a carne vinagre de maçã antes de congelar no freezer por dois dias antes de servir ao cão. Obrigada!

      Responder
    2. kelly

      Oi Leo! sigo as considerações desse site..tem vários artigos interessantes. Minhas gatas seguem essa dieta e estão super saudáveis. Os gastos com vet diminuíram muito..agora é só vacina mesmo.. http://www.cachorroverde.com.br/index.php/category/dietas/dietacrua/dietacruaadulto-gatos/ boa sorte!

      Responder
  6. Danusa

    Tenho um York de 7 anos que pesa 3kg. Quando ele era filhote, costumava a dar somente ração, até que ele foi morar com minha mãe que passou a dar-lhe frango. Pouco tempo depois ele apresentou uma doença cardíaca e foi diagnosticado como obeso (estava próximo dos 4 kg), como ele é pequenininho e estava realmente rechonchudo. Daí voltamos a dar-lhe ração, mas ele resiste muito, só a come no final do dia, depois de espiar todo mundo comer e perceber que ninguém lhe dará nada. Para que ele engula o remédio, dou um pedaço de frango ou queijo, o qual ele devora quase comendo minha mão.

    Estou iniciando neste estilo de vida primal e gostaria muito de colocar meu cachorrinho nesta dieta também, tenho certeza que ele seria bem mais feliz. Gostaria de saber como posso fazer isso, pois ele já tem 7 anos e tem problema no coração. Posso simplesmente cortar a ração e começar a dar carne? Em que quantidade? Ele se engasga muito facilmente.

    Parabéns pelo site!

    Responder
    1. Patricia

      Bom dia.
      Nesse caso, como ele écarduopata, o melhor a fazer é consultá-la com um veterinário habilitado para prescrever a dieta devidamente balanceada de acordo com o histórico dela e atémesmo avaliar a necessidade de suplementação necessária.
      Te indico o Iedo Brito – do site veterinário em casa!
      Ele é ótimo!!

      Responder
  7. Lucia

    Boa tarde! Estou seguindo o estilo de vida paleo a pouco tempo e estou amando! E tenho pensando muito a respeito da alimentação dos meus cães, pq além deles viverem com fome estão gordos. Gostaria de iniciar a alimentação paleo com eles, vcs tem mais algum post aqui no blog falando disso ou sabem de algum blog que eu poderia seguir??? Obrigada!

    Responder
    1. Bruna e Caio (Publicações do Autor)

      Cachorro verde! Abs

      Responder
  8. Pudim_de_Pinga

    Eu concordo com muito o que foi dito aí, inclusive dou carne pura pros meus cachorros, ossos, etc. Mas o argumento de que o que é bom pro lobo é bom pro cachorro não pode ser levado tão a ferro e a fogo. Não se esqueçam que nossos ancestrais não sabiam fazer contas e não conheciam a computação, o que não quer dizer que devemos jogar os computadores fora, assim como ração e complementos alimentares também podem ser vistos como conquistas tecnológicas.

    Abraços

    Responder
  9. Juliana

    Olha q interessante, estou ainda pesquisando e confusa em de iniciar o estilo de vida paleo para mim, pois simplesmente odeio carne, salvo algumas exceções como: bisteca, costela bovina (só se for de churrasco e com muito matambre) e bacon!!! Já com os meus cães inciei a dieta a um ano, e por causa das pesquisas em relação a dieta deles que cheguei a paleo e a grande fraude da industria alimentícia (leia-se industria dinheirista…) As diferenças saltam aos olhos e nenhum cachorro ou gato meu vera comida processada novamente!!!! Abraços, da futura integrante do estilo de vida natural, contra o lobby industrial!!!!

    Responder
  10. Carlito Lacerda Soares

    Boa tarde!
    Tenho uma American Bully de 4 meses. Me falaram para dar carcaça de frango semi-congelada pois o cachorro adora, faz bem e eu iria economizar na ração pois só uso super premium.
    Minhas duvidas são:
    Posso dar com essa idade?
    Quais os benefícios?
    Qual a quantidade que posso dar, variando com a ração?
    Obs.: Ela pesa 13,5KG

    Responder
  11. Fátima

    Pretendo mudar a alimentacao dos meus 4 cachorros. Sao peludos-york- e tambem gostaria de usar carne cozida, tenho receio ainda por carne crua. Gostaria de saber se cozida tb e saudavel e a quantidade necessaria para cachorro de 4 kg. Ela esta obesa e ja teve câncer, por isso quero esta dieta para ela. Estou fazendo esta dieta cetonica e meu c.a caiu pela metade em apenas 2 meses.acredito fara o mesmo por ela. Me oriente por favor. Obrigada

    Responder
    1. Bruna e Caio (Publicações do Autor)

      Os cachorros são parecidos com os humanos em muitos aspectos. Comida de verdade é sempre a melhor alternativa, mas as proporções devem ser adequadas e é recomendado a suplementação de alguns nutrientes para ter sucesso. Recomendo o site: cachorro verde para mais detalhes. Abração

      Responder
  12. Elizabeth de Souza Mauler

    Tenho uma cadela Beagle de 9anos e ela é castrada e tem hipotiroidismo e esta obesa e com o figadom aumentado.
    Posso fazer a alimentação primal para ela?
    O veterinario disse que é para tirar qualquer tipo de comida e so dar ração Obesity, mas eu não estou concordando muito com esta idéia.
    Pode me ajudar?

    Responder
    1. Bruna e Caio (Publicações do Autor)

      Os cachorros são parecidos com os humanos em muitos aspectos. Comida de verdade é sempre a melhor alternativa, mas as proporções devem ser adequadas e é recomendado a suplementação de alguns nutrientes para ter mais sucesso. Recomendo o site: cachorro verde para mais detalhes. Abração

      Responder
  13. Maria do Carmo

    Eu tenho um Spitz Alemão.Ele está em tratamento a mais de um ano…E nada de resolver um problema de alergia e uma bactéria (resistente). Já tomou muito antibiótico,remédio para fungos e shampoos para alergia etc…A ração dele foi a Hill’S-Light. A três meses a veterinária trocou para Royal Canin-Skin Care Diet,por achar que a alergia poderia vir da alimentação! Mas infelizmente nada mudou! Ele tem muitas lesões na pele,o pelo caiu muito. Foi feito muitos exames,inclusive uma biópsia. O pelo volta com muita demora,porém onde dá as lesões continua caindo!
    Lendo essa matéria,tenho vontade de mudar radicalmente a alimentação dele! Gostaria de saber se para raças pequenas como ele pode ser usada a alimentação primal? Ele tem dois anos e dez meses, e pesa 3,200 kg.

    Atenciosamente: Maria do Carmo

    Responder
  14. Danielli

    Bom dia. Comecei a alimentação natural no meu shitzu de 2,5 anos, mas não gosto muito da ideia de ficar cozinhando carboidratos (arroz e feijão) e vegetais para ele. Posso tirar os grãos e dar vegetais crus, como cenoura? E qual a quantidade de comida, como faço o cálculo das quantidades? Obrigada.

    Responder
  15. Vinicius

    Por favor, tenho um yorkshire de 3 meses, e ele ficou muito mal a ponto de ter várias convulsões a caminho do veterinário, chegando la exames foram feitos o resultado foi diabete, foi uma bomba q explodiu nos meus braços, como uma pessoas q se alimenta no estilo low carb deixou isso acontecer, minha pergunta; o que vcs acham dessda dieta para o meu pequeno? Será ela a solução para o ecexo de carboidratos na ração?

    Responder
  16. Duan Machado

    Meu cachorro tem 8 anos e sempre se alimentou com ração, se eu mudar agora para a alimentação primal ele ainda terá benefícios significativos para o seguimento de sua vida?

    Responder
  17. Meu cachorro come fezes

    Comecei a adicionar vegetais à ração do meu dog faz alguns meses, e à princípio já notei algumas mudanças na qualidade do pelo, na disposição e no hálito.

    Responder

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comments Protected by WP-SpamShield Spam Blocker

Show Buttons
Compartilhe no Face
Entre em contato
Hide Buttons